Busca

Votação dos Projetos sobre reajustes dos subsídios dos ministros do STF e do PGR é marcada para setembro no Senado

Depois de anunciar votação dos projetos de lei que tratam do reajuste dos subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República para o próximo dia 6 de setembro, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), remarcou a data para uma das sessões deliberativas na Casa durante o período eleitoral, que vai acontecer nos dias 8, 12, 13 e 21 de setembro. Na ocasião, Renan prometeu a apreciação do requerimento de urgência para o dia 8 de setembro.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta quarta-feira (24) que a votação dos projetos de lei que tratam do reajuste dos subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República vai ocorrer no dia 6 de setembro. O texto eleva os subsídios mensais dos ministros e do PGR em 16,38%, passando dos atuais R$ 33, 7 mil para $ 39,2 mil já a partir de janeiro de 2017. Para 2016, o vencimento seria de R$ 36,7 mil.

“Eu tenho o compromisso com a votação da matéria. Nós não vamos votar hoje o requerimento de urgência, mas nós vamos votar a matéria no dia 6, véspera do feriado do dia 7. É um compromisso que eu tenho e que levarei a cabo. Sei que existem resistências e que nós precisamos, mais do que nunca, fazer o reajuste fiscal para que a economia responda, mas este é um compromisso constitucional que nós temos que cumprir”, afirmou Renan.

Com informações da Agência Senado

Veja também ...