Busca

Solenidade marca posse de 18 promotores na 2ª entrância

O procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, deu posse nesta sexta-feira (26), aos 18 promotores de Justiça que foram promovidos para a 2ordf; entrância pelo Conselho Superior do Ministério Público. A posse ocorreu no gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça. Os termos de posse foram lidos pelo secretário-geral em exercício, João Arlindo Corrêa Neto.

Tomaram posse os promotores Pedro Henrique de Freitas Andrade, para o cargo de 4º promotor de Justiça de Cajazeiras; Stoessel Wanderley de Sousa Neto, para o cargo de 4º promotor de Justiça de Sousa; Fabiana Pereira Guedes, para o cargo de 2º promotor de Justiça de Cajazeiras; Alberto Vinícius Cartaxo da Cunha, para a Promotoria de São Bento; Dennys Carneiro Rocha dos Santos, para a Promotoria de Teixeira; Sarah Araújo Viana, para o cargo de 6º promotor de Justiça de Cajazeiras; e Mariana Neves Pedrosa Bezerra, para o cargo de 8º promotor de Justiça de Sousa.

Também foram promovidos Reynaldo Di Lorenzo Serpa Filho, para o cargo de 3º promotor de Justiça de Itaporanga; Flávia Cesarino Dantas, para a Promotoria de São João do Rio do Peixe; Samuel Miranda Colares, para o cargo de 6º promotor de Justiça de Sousa; Erika Bueno Muzzi, para o cargo de 3º promotor de Justiça de Piancó; José Carlos Patrício, para o cargo de 1º promotor de Justiça de Pombal; Leidimar Almeida Bezerra, para o cargo de 2º promotor de Justiça de Pombal; Glauco Coutinho Nóbrega, para o cargo de 6º promotor de Justiça de Patos; Bruno Leonardo Lins para o cargo 8º promotor de Justiça de Patos; Uirassu de Melo Medeiros, para o cargo de 2º promotor de Justiça de Monteiro; Ana Grazielle Batista de Oliveira, para o cargo de 7º promotor de Justiça de Patos; e Leonardo Quintans Coutinho, para a Promotoria de Picuí.

Solenidade

O procurador-geral expressou, em seu discurso, a alegria de viver aquele momento construído com base no diálogo. “A democracia quando colocada em prática funciona. Construímos de forma plural o Ministério Público”, disse acrescentando que o promotores estão demonstrando o compromisso com o povo, especialmente com o Sertão, onde irão atuar.

O secretário-geral também destacou a importância do diálogo para a construção da democracia. “O diálogo deve ficar como marca dos senhores. Escutem a sociedade para uma melhor prestação jurisdicional”.

Em nome dos empossados falou o promotor de Justiça Stoessel Wanderley que agradeceu à administração pelo empenho na construção do acordo que possibilitou a ascensão na carreira. Também ressaltou o engajamento de todos os promotores. “Cada um deu o melhor de si; fizemos mais do que o dever, servimos à sociedade”, concluiu.

A solenidade de posse contou com a participação do secretário de Planejamento e Gestão, Seráphico da Nóbrega, e dos promotores Carlos Romero Lauria Paulo Neto, Antônio Hortêncio Rocha Neto, Abraão Falcão, Maria de Lourdes Pedrosa e Ana Guarabira.

Fonte: MPPB

Veja também ...