Ato público contra a PEC 37 é prestigiado em Patos

50

 width=Mais de cem pessoas acompanharam nesta quarta-feira (10 de abril) o ato público contra a PEC 37 realizado na cidade de Patos, no Sertão paraibano. O evento, que aconteceu no Auditório da Faculdade Integrada de Patos (FIP), marcou o terceiro dia da ‘Semana de Mobilização Contra a PEC 37’, que tem como objetivo principal alertar e mobilizar a sociedade dos riscos da proposta que busca retirar o poder de investigação do Ministério Público e outras instituições.

Presidida pelo promotor de Justiça e presidente da Associação Paraibana do Ministério Público (APMP), Francisco Seráphico da Nóbrega, a mesa foi composta pelo representante da OAB Alexandre Neves; o juiz Ramonilson Gomes; a prefeita de Patos, Francisca Motta (PMDB); o corregedor-geral de Justiça do MPPB, Alcides Jansen; representante do MPT de Patos, Rogério Sitonio Wanderley; representante do MPPB de Patos, Ilcléia Cruz de Souza Neves; o diretor da OAB Fred Igor Gomes; o juiz André Wilson Aquino; e o representante da Procuradoria Municipal Márcio Wanderley.

O ato público teve início com a exibição de vídeos da Campanha Brasil Contra Impunidade e de matérias veiculadas em rede nacional que falam sobre o poder de investigação do Ministério Público, sua atuação e as mudanças propostas pela PEC 37. Em um deles, o