Busca

Rodrigo Janot empossa procuradores-chefes do MPF

O procurador-geral da República Rodrigo Janot empossou durante evento promovido nesta terça-feira (1) os procuradores-chefes e procuradores-chefes substitutos de todas as unidades do Ministério Público Federal. A posse coletiva dos chefes de todas as unidades do MPF permite que os mandatos acompanhem o do próprio procurador-geral da República, permitindo o aprimoramento da gestão e da sustentabilidade orçamentária da instituição.

Durante a cerimônia, Janot disse aos procuradores que a classe deve se manter unida, lembrando que, há 19 anos, ele tomava posse como procurador da República, o que torna a data um dia de dupla festa. Janot citou seu antecessor, Roberto Gurgel, pois partiu dele a atitude de fazer coincidir a posse coletiva, permitindo a unificação da gestão administrativa em todo o Brasil. O procurador-geral da República afirmou que, se atuam de forma capilarizada em todo o país, os procuradores podem se beneficiar de ganhos de eficiência e eficácia proporcionados pela uniformização dos procedimentos administrativos.

Se o diálogo interno for ampliado, segundo ele, os gargalos existentes serão identificados, facilitando a solução dos problemas. Representando todos os empossados, o procurador-chefe da Procuradoria Regional da República da 1ª Região, José Adonis Callou de Araújo, citou a importância da função. Para ele, o procurador-chefe deve atuar como gestor dos recursos humanos e materiais, facilitando que cada procurador exerça sua função de forma eficiente.

Veja a lista dos empossados aqui.
Com informações da Assessoria de Imprensa do MPF

Veja também ...