Busca

Paraíba vence Ceará nos pênaltis e conquista bicampeonato do Nordeste

TorneioA Associação Paraibana é bicampeã do Nordeste. Foi difícil, emocionante e acirrado, mas no final, os donos da casa venceram a Associação Cearense e levantaram a taça do II Torneio do Nordeste de Futebol Society do Ministério Público, realizado em João Pessoa, de 1 a 3 de abril. A partida terminou empatada por 1 a 1 no tempo normal e, por isso, a decisão foi para os pênaltis.

As duas equipes já haviam se enfrentado na fase de grupos e o Ceará tinha se dado melhor e vencido por 1 a 0. Invictos, os visitantes esperavam surpreender a Paraíba e dar o troco, já que no torneio do ano passado, realizado em Fortaleza, os paraibanos conquistaram o título em cima dos próprios cearenses.

E foram os visitantes que saíram na frente. Depois de um primeiro tempo morno, o Ceará abriu o placar na etapa final com Francisco Nildo, que recebeu pela esquerda, entrou na grande área e chutou cruzado. Não deu para o goleiro Gabinio.

Com a vantagem no placar, os cearenses se fecharam e ficaram esperando o contra-ataque e o apito final do árbitro. Mas eles não contavam com o chute certeiro de Leidimar, que encontrou o gol da Paraíba pouco antes do fim do jogo. Ele recebeu de Túlio e mandou para o fundo das redes para a loucura do banco de reservas do time da casa.

Sem tempo para mais nada, a decisão da final do torneio foi para os pênaltis. O time do Ceará ganhou na moeda e escolheu começar defendendo. Muni Azevedo e Francisco Seráphico converteram para a Paraíba. O goleiro Gabinio defendeu o chute de Oscar Fioravante e Rodrigo Rodrigues mandou sua cobrança na trave. Pela segunda vez o Ceará era vice-campeão, pela segunda vez a Paraíba comemorava o título em cima do rival.

Uma disputa pelo terceiro lugar de arrepiar

Um jogo eletrizante. A disputa pelo terceiro lugar entre Bahia e Maranhão foi uma das mais acirradas do II Torneio do Nordeste e terminou com a vitória dos baianos por 4 a 3. Com gols de Bruno Contijo (2), Carlos Machado e Arthur Ferrari, a Bahia venceu a partida e levou a medalha de bronze. Crystian, Carlos Augusto e Nelson Nedes descontaram para o Maranhão.

Paraíba e Maranhão dividem a artilharia

Com cinco gols cada, Crystian Gonzales, do Maranhão, e João Manoel, da Paraíba, foram os artilheiros do II Torneio do Nordeste de Futebol Society do Ministério Público. O goleiro Sérgio de Almeida, do Ceará, ainda recebeu premiação por ser o goleiro menos vazado. Ele só sofreu dois gols em todo campeonato. O goleiro da Paraíba, Gabinio, foi eleito melhor goleiro. Já Carlos Augusto, do Maranhão, foi eleito o melhor jogador e Francisco Bergson, da Paraíba, teve o gol mais bonito.

II Torneio do Nordeste

Esta é a segunda edição do torneio da Região Nordeste, que contou com a participação de mais de 100 atletas de seis associações: Paraíba, Bahia, Sergipe, Maranhão, Ceará e Rio Grande do Norte.

Veja também ...