Busca

‘Operação Pão e Circo’: Justiça acata solicitação do MPPB e determina afastamento de prefeitos

 width=O desembargador Joás de Brito Pereira Filho, no final da tarde desta quinta-feira (5), acolheu o pedido de medida cautelar do procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, e determinou o afastamento do cargo os prefeitos de Solânea, Francisco de Assis Melo (Doutor Chiquinho), de Alhandra, Renato Mendes Leite, e de Sapé, João Clemente Neto (João da Utilar). Todos envolvidos nas irregularidades de desvio de dinheiro público que culminaram com a ‘Operação Pão e Circo’, no último dia 28 de junho.

Os três, que chegaram a ser presos durante a operação, devem ser afastados nas próximas horas, depois que o desembargador Joás de Brito determinou o encaminhamento da decisão para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), à Justiça Eleitoral das comarcas e às Câmaras Municipais de Alhandra, Sapé e Solânea.

Na mesma decisão judicial, também foram afastados de suas funções todos os outros servidores públicos municipais envolvidos no esquema da ‘Operação Pão e Circo’. O desembargador-relator Joás de Brito entendeu também que, ao tomar sua decisão, fazer com que as empresas envolvidas não possam vir a desenvolver nenhum tipo de atividade junto aos municípios onde foram detectadas essas irregularidades, num total de 13 cidades, além da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Veja também ...