Busca

Em um ano, Conselho Superior do MPPB apreciou cerca de 2,5 mil processos extrajudiciais

A 40ordf; sessão ordinária do Conselho Superior do Ministério Público da Paraíba (MPPB), realizada na manhã dessa quinta-feira (2), na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), em João Pessoa, foi marcada pelo recorde de julgamentos de processos extrajudiciais da instituição. Foram apreciados 714 procedimentos pelos integrantes do Conselho Superior. De agosto do ano passado para cá, o número de processos julgados do extrajudicial do MPPB chega a 2.495.

“A digitalização das nossas rotinas, a virtualização do trabalho, com o fim do uso do papel e pastas, têm contribuído para essa celeridade”, destaca o procurador-geral de Justiça do MPPB, Bertrand de Araújo Asfora. “E quem mais ganha com essa celeridade é a sociedade”, completa o procurador-geral, elogiando a equipe de assessores do Conselho Superior, assessorado pela servidora Lílian Machado Raimundo Lima. Um #39;Voto de Aplauso#39; para toda a equipe da assessoria do Conselho foi aprovado na sessão desta quinta-feira.

O Conselho Superior do MPPB é composto pelos procuradores de Justiça Nelson Antônio Cavalcante Lemos, José Roseno Neto, Jacilene Nicolau Faustino, José Marcos Navarro Serrano, Kátia Rejane Medeiros Lira Lucena, Alcides Orlando de Moura Jansen (corregedor-geral) e Bertrand de Araújo Asfora (procurador-geral). O Conselho é secretariado pelo secretário-geral do MPPB, Carlos Romero Lauria Paulo Neto, sendo que a sessão desta quinta-feira foi secretariada pelo promotor de Justiça João Arlindo.

Fonte: MPPB

Veja também ...