Busca

Eleita nova diretoria da Associação Piauiense do Ministério Público

Promotores e procuradores do Ministério Público do Piauí elegeram, no último sábado (15), a nova diretoria e o Conselho Fiscal da Associação Piauiense do Ministério Público (APMP). O promotor Paulo Rubens Parente Rebouças, atual presidente, foi reconduzido ao cargo para um novo mandato de dois anos. No total, 99 promotores e procuradores, ativos e inativos, votaram das 9h às 14h na sede campestre da APMP.

A eleição serviu para homologar a chapa “Renovando o Compromisso”, única inscrita na disputa. O promotor Paulo Rubens agradeceu a confiança dos colegas. “Eacute; uma grande responsabilidade. O fato de não haver chapa adversária é o reconhecimento de um trabalho bem realizado. E nós não pretendemos cair no mal daqueles que se reelegem. Vamos continuar com o nosso compromisso, modificar os equívocos e aperfeiçoar o que não deu certo”, destacou.

Para o Conselho Fiscal a disputa contou com sete candidatos, dos quais seis foram eleitos, três para membro titular e três para suplente. A primeira titular, Cynara Barbosa, obteve 39 votos e exercerá a Presidência do Conselho. Walter Henrique Siqueira e Ezequiel Miranda foram os outros titulares vitoriosos. Para a suplência foram eleitos Antonio Marques, Adelmar Marques e José Hamilton Bezerra.

De acordo com o Presidente da Comissão Eleitoral da Associação, promotor Fernando Ferro, a eleição foi tranquila e sem complicações. “Uma eleição calma e transparente, essa é a vantagem de uma chapa única. Tivemos um número significante de eleitores, onde todos conhecem bem os candidatos da disputa”, afirmou.

A posse dos cargos disputados ocorreu após a computação dos votos, na própria sede campestre da APMP. A nova gestão conduzirá a associação no biênio 2014/2016.

Fonte: Associação Piauiense do MP

Veja também ...