Busca

Dilma indica Rodrigo Janot para PGR

A indicação deverá ser confirmada pelo Senado Federal após sabatina na Comissão de Constituição e Justiça da casa

A presidente Dilma Roussef escolheu no sábado (17 de agosto) o procurador Rodrigo Janot para o cargo de procurador-geral da República, no lugar de Roberto Gurgel. A nomeação foi anunciada pelo Palácio do Planalto por meio de nota. “A presidente Dilma Rousseff considera que Janot reúne todos os requisitos para chefiar o Ministério Público com independência, transparência e apego à Constituição”. O texto diz que Janot tem brilhante carreira no Ministério Público. O presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), César Mattar Jr., encaminhou ofício parabenizando Rodrigo Janot pela indicação.

Em abril, Janot recebeu 511 votos em eleição da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) para o cargo. Liderou a lista tríplice da entidade, junto com Ela Wiecko (457 votos) e Deborah Duprat (445 votos).

A escolha é de livre nomeação da Presidência da República. Desde o governo Luiz Inácio Lula da Silva, adotou-se a lista tríplice com os mais votados pelos profissionais da categoria. Com a escolha de Janot, Dilma mantém a tradição de nomear o mais votado.

Rodrigo Janot, de 56 anos, é mineiro e ingressou no Ministério Público Federal em 1984, chegando ao cargo de subprocurador em 2003. Foi presidente da associação dos procuradores entre 1995 e 1997, cargo ocupado por Roberto Gurgel entre 1987 e 1989. Também integrou a lista tríplice de 2011. Mestre em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, Janot tem especialização em direito do consumidor e meio ambiente pela Escola Superior de Estudos Universitários de S. Anna, na Itália.

A indicação terá agora de ser confirmada pelo plenário do Senado, após sabatina na Comissão de Constituição e Justiça.

Confira a íntegra do ofício de parabenização enviado pelo presidente da CONAMP a Rodrigo Janot:

Excelentíssimo Senhor

RODRIGO JANOT MONTEIRO DE BARROS

Subprocurador-geral da República

Senhor Subprocurador-geral da República,

Em nome da CONAMP

Veja também ...