Busca

CONAMP, CNPG e Associações do MP se reúnem e definem calendário de ação contra a PEC DA IMPUNIDADE

 width=Durante reunião, entidades de classe do MP traçam estratégias de combate à PEC 37.

A Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), o Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG) e as associações dos Ministérios Públicos se reuniram, no dia 28 de novembro, em Brasília, para definir o calendário de ações contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37/2011, conhecida como PEC DA IMPUNIDADE.

Durante a reunião foram traçadas estratégias de combate a PEC 37. Foi definido também que serão realizadas ações em todos os estados, envolvendo todos os membros dos Ministérios Públicos e, ainda, a sociedade civil.

Ficou ainda deliberado que, por ocasião das reuniões do CNPG, da CONAMP e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) em Brasília, no dia 11 de dezembro será realizado o lançamento oficial da campanha contra a PEC DA IMPUNIDADE.

Participaram da reunião o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), César Mattar Jr., a 1º vice-presidente da entidade, Norma Cavalcanti, o secretário-geral da associação, Vinícius Gahyva, o presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), Oswaldo Trigueiro, os presidentes da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Antonio Dezan, da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Ailton Silva, da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Rinaldo Janja, da Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj), Luciano Mattos, da Associação Mineira do Ministério Público (AMMP), Nedens Ulisses, as vice-presidentes da Associação Goiana do Ministério Público (AGMP), Leila Oliveira, da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Daniela Varandas, o Procurador-Geral de Justiça Militar, Marcelo Weitzel, o Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Manoel Onofre, o Procurador-Geral de Justiça da Bahia, Wellington César Lima e Silva, a Assessora de Políticas Institucionais e promotora de Justiça Ana Luiza Lobo, e o diretor de Comunicação Social da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e procurador da República, Alan Mansur.

FONTE: Conamp

Veja também ...