Busca

Audiência discute a possibilidade de regulamentação de recomendações e TACs

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) realiza nesta terça-feira (26), audiência pública para discutir a possibilidade de regulamentar os institutos da recomendação e do compromisso ou termo de ajustamento de conduta. A audiência foi convocada pelo presidente do CNMP, Rodrigo Janot, e será coordenada pelo conselheiro Jarbas Soares, presidente da Comissão de Direitos Fundamentais, à qual está vinculado o Grupo de Estudos que trata do tema.

O objetivo da audiência é promover amplo debate sobre a eventual necessidade de regulamentação dos aspectos formais desses instrumentos extrajudiciais de atuação do Ministério Público, para potencializar a defesa dos direitos coletivos e garantias fundamentais em sentido amplo e, ao mesmo tempo, garantir o uso adequado da recomendação e do TAC.

A audiência começa às 13 horas, no Plenário do Conselho. Foram convidadas 82 instituições, incluindo unidades do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil, Advocacia-Geral da União, associações de classe, organizações não governamentais com atuação em diversas áreas, conselhos nacionais e ministérios. Os representantes das instituições poderão falar por dez minutos cada um, mediante inscrição, conforme previsto em edital.

As conclusões e resultados da audiência serão compilados e distribuídos aos participantes e ao Grupo de Estudos. O grupo utilizará o material no aprofundamento dos trabalhos, voltados à elaboração de minuta de proposta de resolução sobre o tema, que terá de ser submetida e aprovada pelo Plenário do CNMP.

Com informações do CNMP

Veja também ...