Busca

Associação e Ministério Público discutem PAE com membros inativos e pensionistas

Na tarde desta terça-feira (14), a Associação Paraibana do Ministério Público se reuniu na sala de sessões da Procuradoria-Geral para debater sobre a Parcela Autônoma de Equivalência com o procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora e membros inativos da instituição e pensionistas.

Na reunião ficou assegurado que nos próximo 15 dias, o MP vai assinar um convênio com o Banco do Brasil. Além disso, uma comissão foi criada para analisar os direitos dos inativos. “O mais importante é que nós temos um forte desejo e uma convicção firme para resolver esta questão”, afirmou o PGJ.

Foi formada uma comissão que passará a tratar, após a assinatura do convênio, de questões de interesse dos inativos e pensionistas. Vão fazer parte da comissão a APMP, através do presidente, Francisco Seráphico; o PGJ, Bertrand Asfora; o promotor de Justiça, João Arlindo; o procurador de Justiça, Francisco Sagres; a ex-procuradora-geral de Justiça, Socorro Diniz; o diretor financeiro, Iacute;caro Ramalho e a pensionista, Carmem Céa Montenegro.

“A partir de agora, temos a primeira proposta concreta de uma instituição bancária interessada em antecipar os valores da PAE. A partir de então, esta comissão vai entrar em contato com outros bancos para conseguir outros convênios”, informou o presidente da APMP, Francisco Seráphico.

Veja também ...