Busca

Assembléia Legislativa da Paraíba lembra nascimento de Chico Xavier

Durante a solenidade receberam a Comenda da Paz Chico Xavier o Presidente da Federação Espírita Paraibana, José Raimundo de Lima; o escritor Severino Celestino da Silva; e Eurípedes Higino dos Reis  filho adotivo de Chico Xavier, representado por José Lázaro de Souza. O Presidente da Associação Paraibana do Ministério Público, João Arlindo Corrêa Neto, prestigiou o evento compondo a mesa diretora dos trabalhos.

Durante seu discurso, a deputada Iraê Lucena destacou: Tive o merecimento de ter conhecido pessoalmente o grande líder espiritual Chico Xavier, num momento de grande dor pela perda de meu filho Renato. Na oportunidade fui agraciada pela mediunidade abençoada de Chico, com três mensagens de meu filho. Não tenho palavras para descrever a emoção intensa, ao constatar, através da psicografa de Chico, que meu filho continuava vivo!.

Ao justificar sua propositura, Iraê Lucena destacou: neste instante, todo o Brasil exalta e festeja, com grandes produções no cinema, no teatro e na literatura, o centenário de nascimento do grande médium Chico Xavier, a Assembléia Legislativa se associa a todas estas homenagens, em respeito a um dos maiores ícones do espiritismo. A sessão especial foi prestigiada, além de espíritas, por autoridades de diversos segmentos: legislativo, Ministério Público e Judiciário. Um registro especial foi a presença do arcebispo dom Aldo Di Cillo Pagotto, que já foi homenageado com a Comenda da Paz Chico Xavier.

O evento foi intercalado pela participação especial do pianista Sibélius Donato Tenório, que iniciou o concerto com meia hora de antecedência para recepcionar os convidados. Um dos pontos altos da apresentação do pianista foi a execução do Hino Nacional. Entre uma homenagem e outra, Sibélius tocou diversos clássicos, concluindo com Ave Maria.

Veja também ...