Busca

APMP participa de reunião no TRE sobre extinção de zonas eleitorais na Paraíba

O presidente da Associação Paraibana do Ministério Público, Bergson Formiga, acompanhou o procurador-geral de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Bertrand de Araújo Asfora, na tarde dessa quinta-feira (18), em uma reunião na sede do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) para discutir a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que define a extinção de zonas eleitorais em todo o país.

“A população do nosso estado não pode ficar prejudicada. Por isso, nós do Ministério Público da Paraíba, nos colocamos à disposição do TRE paraibano para colaborar nas discussões e na busca de soluções”, destacou Bertrand Asfora, acreditando na mobilização de segmentos, já que a intenção de extinção de zonas eleitorais atinge a todos os estados.

Bergson Formiga ainda informou que outras reuniões serão realizadas para debater o assunto, inclusive na próxima quarta-feira, em Brasília, quando vai haver uma reunião com todos os presidentes dos Tribunais Regionais, e terá participação da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp).

A desembargadora Maria das Graças informou que o TRE criou uma comissão para estudar o problema e que na quinta-feira (25) terá uma audiência com o ministro Gilmar Mendes, em Brasília. “Vamos demonstrar a nossa realidade e tentar convencer o ministro a reconsiderar da sua decisão de algumas extinções de zonas”, disse a presidente do TRE, ressaltando que, com os novos critérios apontados pelo TSE, João Pessoa, por exemplo, que possui cinco zonas eleitorais, só passaria a ter quatro.

Durante a reunião, o diretor-geral do TRE, André Cavalcante, fez uma explanação do levantamento técnico já feito pelo Tribunal paraibano para estudar o problema. Além do procurador-geral de Justiça Bertrand Asfora e do presidente da APMP, Bergson Formiga, também participaram da reunião o procurador de Justiça Valberto Cosme de Lira (2ª-Subprocuradoria Geral de Justiça) e dos promotores de Justiça Clístenes Bezerra de Holanda (Secretaria de Planejamento e Gestão – Seplag), João Arlindo Corrêa Neto (Secretaria Geral – Seger), Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho (Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça).

Com informações do MPPB

Veja também ...

Deixe um comentário