Busca

APMP e Associação da Magistratura constituem a Frentas-PB

Representantes de entidades da Magistratura e do Ministério Público formalizaram nessa segunda-feira (06), na sede da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), a criação da Frente das Entidades Associativas da Magistratura e do Ministério Público da Paraíba (Frentas-PB). O propósito é defender os interesses comuns destas categorias. A união de forças destaca a importância do posicionamento das respectivas entidades em assuntos de interesse público e das categorias, quando em debate temas relacionados aos princípios que organizam o sistema democrático estabelecido na Constituição Federal.

Comprometeram-se com as atividades da Frentas-PB as seguintes entidades: Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), Associação Paraibana do Ministério Público (APMP), Associação dos Magistrados do Trabalho da 13ª Região (Amatra 13), Associação dos Juízes Federais da Paraíba (Ajufe-PB), Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) e Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) na Paraíba.

Segundo o presidente da Associação Paraibana do Ministério Público (APMP), Bergson Formiga, algumas ações já estão sendo implementadas, a exemplo de reuniões já realizadas com os deputados federais Damião Feliciano e Hugo Mota. “Nós conversamos com os parlamentares sobre a reforma da previdência aqui no Estado. Além disso, os trabalhos serão intensificados ainda esta semana, em Brasília”, revelou o presidente.

A coordenação da Frentas-PB será exercida, temporariamente, pela presidente da AMPB, juíza Maria Aparecida Sarmento Gadelha. “Neste primeiro encontro, ficou decidido o início das visitas institucionais ao governador e aos parlamentares paraibanos, com uma pauta propositiva dos problemas sociais decorrentes dos últimos fatos políticos, bem como das visitas aos presidentes de Tribunais, como política de aproximação”, informou a magistrada.

Também participou da reunião que formalizou a Frentas-PB o juiz do Trabalho George Falcão Coelho Paiva, representando a Amatra 13.

As associações se comprometem em atuar de forma conjunta e coordenada, pronunciando-se publicamente sobre matérias que afetem a Magistratura e o Ministério Público, bem como em defesa da Constituição e do Estado Democrático de Direito.

Confira a nota na íntegra aqui

Com informações da AMPB

Veja também ...

Deixe um comentário