APMP apresenta balanço da gestão 2015/2019

82

Foram quatro anos do presidente Bergson Formiga à frente da APMP. Um período marcado por lutas e conquistas e uma atuação frequente no Congresso Nacional, sempre em prol dos direitos da classe, do Ministério Público e da sociedade. Neste período, foram discutidos os reflexos da aprovação dos subsídios, do auxílio-moradia e da PEC da Bengala. Também foram pleiteadas questões como segurança institucional, possibilidade de permuta entre os MPs estaduais, medidas de combate à impunidade, debate sobre a reforma da previdência, e por fim, ainda pôde-se comemorar a conquista do aumento de 16,38% no subsídio.

Saindo do âmbito nacional e se voltando para o local, diversos requerimentos foram apresentados pela diretoria ao MPPB, com o objetivo de assegurar a direitos como o auxílio-saúde, a verba de substituição indenizatória, o auxílio natalidade, de serviço extraordinário em razão de designação para júri, o terço de férias, entre outros benefícios.

Também é preciso ressaltar as ações diretas da entidade em prol do associado, seja ativo ou aposentado, e as tentativas de aproximação com todos os membros com reuniões, conversas, cursos e realização de eventos. Entre os importantes cursos realizados por esta gestão, destaca-se o de Promotor de Júri, em dois módulos, com o procurador de Justiça de São Paulo, Edilson Mougenot. Além disso, parcerias em eventos importantes como IV Congresso Estadual do MPPB, assim como, a participação em outros congressos para se discutir os caminhos Ministério Público brasileiro.

O combate à corrupção, os trabalhos para o fortalecimento do parquet, a realização dos primeiros debates entre os candidatos a procurador-geral de Justiça. Estas e muitas outras medidas podem ser conferidas no Balanço de Gestão 2015/2019, para que o associado possa ficar por dentro de tudo o que foi feito nos últimos quatro anos na Associação Paraibana do Ministério Público.

Clique aqui e confira.




Deixe uma resposta